Vinho do dia | Urban Uco Sauvignon Blanc

Foto
  • Urban Uco Sauvignon Blanc, Argentina (Imp. Vinci, R$ 45,32)

Este Sauvignon Blanc foi um dos primeiros que realmente me fez gostar desta uva. Ficou ainda melhor depois que tive a chance de conhecer a vinícola, um dos projetos mais impressionantes neste vasto universo do vinho.

Elaborado pela já citada O.Fournier, vinícola fundada em 2000 e, apesar de recente, já considerada uma das melhores do país. Os vinhedos ficam na região de La Consulta, no Valle de Uco, uma das mais promissoras regiões vinícolas da argentina. A linha Urban representa a modernidade na elaboração, com vinhos frutados, frescos e fáceis de beber. Um estilo que atende os consumidores urbanos e sofisticados, ou seja, um vinho democrático, para todos.

Urban Uco Sauvignon Blanc é fresco, vivo e cheios de frutas cítricas. Fica perfeito com peixes grelhados, frutos do mar, carnes brancas e massas leves.

Imagem da vinícola, próxima a cordilheira dos Andes
Anúncios

Vinho do dia | Caminos Semillon Chardonnay

Foto
  • Caminos Semillon Chardonnay, Chile (Imp. Vinci, R$ 41,18)

Branco chileno elaborado pela Terra Andina, tem 35% Semillón e 65% Chardonnay em sua composição. Este vinho é interessante para quem gosta de brancos mais estruturados como os feitos com Chardonnay, porém com os aromas e toques cítricos característicos da Sémillon. Ideal para servir bem fresco como aperitivo ou acompanhando frutos do mar e pratos à base de peixes diversos.

Vinho | Tilia Malbec

Para os fãs de Malbec, o Tilia é um dos melhores achados da Argentina, considerado um “Best Value” para Robert Parker que o classificou com 90 pontos em sua safra de 2012.

Rico, exuberante, destaca-se pelos aromas de frutas maduras, pimenta preta e toques florais e taninos bem macios no paladar. Uma das melhores relações qualidade/preço do Novo Mundo. A breve passagem por 09 meses em barris de carvalho francês e americano, sendo 25% novos, é suficiente para deixá-lo macio e saboroso.

Imagem ilustrativa da vinícola
Imagem ilustrativa da vinícola

Como curiosidade, Tilia é o nome de uma árvore típica da região, a mesma que inclusive estampa seu rótulo. Nas palavras do produtor, a árvore Tilia, que empresta suas folhas para um chá com efeito calmante, representa também o lado espitiruala da rural região de Mendoza.

Além disso, todos os vinhos da linha são provenientes da Bodegas Esmeralda, que elabora vinhos de bom custo benefício para o mercado e pertence ao mesmo grupo da mundialmente famosa Catena Zapata. Vale a pena conhecer os vinhos desta linha, recomendo.

Vinho do dia | Robertson Chenin Blanc

Foto
  • Robertson Chenin Blanc, África do Sul (Imp. Vinci, R$ 39,48)

A uva Chenin Blanc, pouco conhecida pelos consumidores iniciantes, é uma das uvas brancas que melhor se adaptaram ao clima da África do Sul, originando vinhos incrivelmente frescos e aromáticos. Este exemplar é elaborado pela Robertson, vinícola fundada em 1941 e que se dedica a produzir vinhos frequentemente reconhecidos como excelentes best-buys internacionais.

Vinho elaborado na região de mesmo nome, Robertson Valley, localizado no meio do território africano, não muito longe da Cidade do Cabo e deve seu nome ao Reverendo William Robertson, um pastor escocês que no século XIX foi pioneiro no desenvolvimento da agricultura numa região então inóspita e extremamente selvagem.

O vinho é delicioso, com aromas cítricos bem agradáveis e paladar com ótima acidez, ideal como aperitivo ou para acompanhar frutos do mar, salmão defumado, frango assado e leitão. Recomendo para quem quer acrescentar uma nova uva no repertório de degustação!