Vinho | Tilia Malbec

Para os fãs de Malbec, o Tilia é um dos melhores achados da Argentina, considerado um “Best Value” para Robert Parker que o classificou com 90 pontos em sua safra de 2012.

Rico, exuberante, destaca-se pelos aromas de frutas maduras, pimenta preta e toques florais e taninos bem macios no paladar. Uma das melhores relações qualidade/preço do Novo Mundo. A breve passagem por 09 meses em barris de carvalho francês e americano, sendo 25% novos, é suficiente para deixá-lo macio e saboroso.

Imagem ilustrativa da vinícola
Imagem ilustrativa da vinícola

Como curiosidade, Tilia é o nome de uma árvore típica da região, a mesma que inclusive estampa seu rótulo. Nas palavras do produtor, a árvore Tilia, que empresta suas folhas para um chá com efeito calmante, representa também o lado espitiruala da rural região de Mendoza.

Além disso, todos os vinhos da linha são provenientes da Bodegas Esmeralda, que elabora vinhos de bom custo benefício para o mercado e pertence ao mesmo grupo da mundialmente famosa Catena Zapata. Vale a pena conhecer os vinhos desta linha, recomendo.

Na medida da sua vontade

As garrafas de vinho de tamanho reduzido estão ganhando mais espaço nas prateleiras dos supermercados e nas cartas de restaurantes. Muitas importadoras já estão de olho nesta tendência e começaram a trazer mais e melhores rótulos em garrafas de 187 ml e 375 ml – o suficiente para uma ou duas taças, respectivamente. Além de reduzir desperdício, as garrafas menores são uma ótima maneira de harmonizar mais tipos de vinhos com diferentes pratos ao longo da mesma refeição.

Vale lembrar apenas que o armazenamento de vinhos neste formato requer um cuidado especial. Por causa das medidas reduzidas da garrafa, o vinho tende a envelhecer mais rapidamente. Desse modo, as garrafas menores são mais adequadas para o consumo do dia a dia. Confira abaixo uma seleção de opções de bom custo-benefício e na medida certa para cada ocasião.

GARRAFAS BABY (187 ml)

  • Espumante Baby Chandon Brut Rosé, Brasil (Imigrantes Bebidas, R$ 21,49). Um clássico da Chandon em dose única, para não errar nas pequenas comemorações do dia a dia!
  • La Vieille Ferme Blanc, França (World Wine, R$ 15,00). Vinho conhecido em vários países pelo seu excelente custo-benefício, mostra toda a tipicidade dos brancos da região do Rhône: muito aromático, com boa acidez e ótima estrutura. A versão baby é uma graça, incrível para receber os amigos!
  • Tília Malbec/Syrah, Argentina (Vinci Vinhos, R$ 11,31) Combinando duas das grandes uvas tintas, este vinho é macio e saboroso, fácil de agradar. Tem mais opções disponíveis no site da importadora.
  • Leyda Reserva Pinot Noir, Chile (Grand Cru, R$ 14,00). Ótimo Pinot Noir chileno em versão mini, obra do competente produtor Vina Leyda. Aromas intensos de frutas vermelhas com um toque herbáceo, bem equilibrado.
  • Valdivieso Cabernet Sauvignon, Chile (Ravin, R$ 14,00). Boa opção para acompanhar carnes vermelhas e massas com molhos picantes, é elaborado no Chile pelo tradicional produtor Viña Valdivieso.

MEIAS GARRAFAS (375 ml)

  • Espumante Casa Valduga Brut, Brasil (Imigrantes Bebidas, R$ 29,99). Espumante elaborado com as uvas Chardonnay e Pinot Noir, é fresco, equilibrado, com aromas que lembram amêndoas e frutas tropicais.
  • Terra Andina Sauvignon Blanc, Chile (Vinci Vinhos, R$ 15,83). Ótimo branco do Chile, é elaborado com a uva Sauvignon Blanc pelo produtor Terra Andina. Fresco, leve e aromático, é ideal para acompanhar comida japonesa. Tem mais opções no site do importador.
  • Les Grands Bois Chantant, França (Grand Cru, R$ 23,00). Vinho francês da região de Bordeaux, é elaborado com Merlot, Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon e destaca-se pelos aromas de frutas maduras, couro e um toque mentolado. Tem também na versão baby (187ml).
  • Altos Las Hormigas Malbec, Argentina (Mistral, 23,34). Com aromas frutados e sabores intensos, mostra que a Malbec pode originar vinhos perfeitos para acompanhar comida. 
  • Esteva casa Ferreirinha, Portugal (Zahil, R$ 32,00). Vinho básico da Casa que é um ícone em Portugal, responsável pela produção do clássico Barca Velha. Elaborado com as uvas típicas do Douro, é rico em aromas de frutas maduras com toques florais.