Delícias de Páscoa!

colorful-easter-eggs-picjumbo-com (1)

Nada melhor do que bons vinhos para celebrar a Páscoa em companhia da família e dos amigos. Além de ser simbólico nesta data religiosa, o vinho acompanha perfeitamente o cardápio típico da ocasião, repleto de pratos com peixes e o amado chocolate. A escolha do vinho deve levar em consideração os estilos que evidenciem e valorizem o sabor desses alimentos.

O bacalhau, estrela do cardápio, é um peixe de sabor intenso e a combinação perfeita com o vinho dependerá muito da maneira como será preparado. Nas receitas com leite de coco ou cremes, os brancos são mais indicados, especialmente os Chardonnays encorpados e com passagem por carvalho. Quando assado com legumes, os tintos de corpo médio são ideais, já que seus taninos sutis não conflitam com o sal do peixe.

Caso prefira peixes mais delicados, como o salmão, opte pelos vinhos rosados ou tintos leves, especialmente Pinot Noir. Já o linguado pode ser acompanhado por brancos de uvas Sauvignon Blanc ou até mesmo pelo famoso Prosecco.

Além do bacalhau, na Páscoa brilha também o chocolate e patisserie, como as colombas. Nesse caso, os vinhos do Porto são imbatíveis, com doçura e álcool na medida certa para combinar e valorizar o sabor do doce mais amado do mundo!

Confira uma seleção imbatível – e acessível – para acompanhar esta data tão especial:

Para acompanhar o bacalhau:

01MorgadoSilgueiros

  • Morgado de silgueiros branco (Mambo, R$ 39,90) Branco interessante de Portugal, é um blend de Encruzado e Malvazia-Fina, uvas típicas do Dão. Na boca é fresco, equilibrado, com boa estrutura e persistência.

02robertsonwinery

  • Robertson Chenin Blanc ( Vinci, R$ 40,45). Branco delicioso da África do Sul, destaca-se pelo frescor e pelos aromas pronunciados. Chenin Blanc é uma das uvas brancas que melhor se adaptaram ao clima do país, originando vinhos incrivelmente frescos e aromáticos.

03regresso

  • Regresso tinto (mambo, R$ R$ 23,99) Tinto português da região do Dão, tem em sua composição as uvas Touriga Nacional, Alfrocheiro Preto, Tinta Roriz e Jaen. Destaca-se pelos aromas agradáveis de frutas negras maduras e um toque tostado. Na boca é mais ligeiro, com boa acidez e taninos bem redondos, com certa rusticidade típica dos vinhos da região.

Para as demais delícias de Páscoa:

04salton

  • Espumante Salton Series Brut (mambo, R$ 29,90) Espumante nacional feito com as uvas Ugni Blanc e Prosecco, é leve e refrescante e destaca-se pelos aromas cítricos e de flores brancas. Na boca tem boa cremosidade e um agradável retrogosto.

05estreia

  • Vinho Verde Estreia (Extra, De R$ 32,25 por R$ 25,80) Boa opção de vinho verde encontrado em supermercado, é leve, festivo e conta com uma ligeira presença de gás carbónico, que refresca o paladar. Elaborado com Loureiro, Trajadura e Arinto, é leve, festivo, muito aromático e harmonioso. Excelente para servir como aperitivo enquanto preparam a refeição!

05monteclavijo

  • Monte Clavijo Tempranillo (Santa Luzia, R$ 39,00) Tinto espanhol despretensioso e fácil de beber, é um tempranillo com todas as suas virtudes: aromas florais, muita fruta negra fresca e algo de alcaçuz, típico desta variedade. Boa opção da Rioja, região difícil de encontrar vinhos de bom custo benefício.

Para o chocolate e patisserie:

06comenda

  • Comenda Moscatel do Douro ( Extra, R$ 48,90) Boa opção para quem gosta de vinho bem doce, este moscatel do Douro atende as expectativas, sem ser enjoativo devido a sua boa acidez.

 07croft

  • Vinho do Porto Croft Tawny (mambo, R$ 79,97) Clássico para acompanhar chocolate, este Tawny da Croft é elaborado a partir de uma reserva de Portos que foram envelhecidos em cascos de madeira de carvalho. Muito rico em sabor, destaca-se pelo doce aroma com notas de figos e ameixas secas, realçado com um toque de madeiras e especiarias.

08porto

  • Vinho do Porto Santa Luzia Fine Ruby (Santa Luzia, R$ 48,40) De importação exclusiva do empório Santa Luzia, é uma excelente opção de vinho do porto de bom custo x benefício. A classificação Ruby indica um estilo mais frutado, com aromas de frutas vermelhas em compota.
Anúncios

Páscoa pede vinho

Easter_WinePáscoa é sinônimo de bacalhau, chocolate, família reunida e ótimos vinhos para acompanhar tudo isso. Para reforçar ainda mais o espírito festivo e familiar do feriado, selecionei uma receita clássica de Bacalhoada simples de fazer, elegante de servir e muito saborosa no site Panelinha (amo!) e fiz uma seleção de vinhos igualmente deliciosos para você experimentar na companhia de amigos queridos. Mão na massa? Anota aí:

Bacalhau

BACALHOADA 

Site: Panelinha

Ingredientes:

– 800 g de bacalhau em postas
– 2 cebolas
– 2 tomates
– 1 pimentão verde
– 1 pimentão vermelho
– 1 kg de batata
– 1 xícara (chá) de azeitonas pretas sem caroço
– 250 ml de azeite
– pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo:

1. Numa tigela, coloque o bacalhau e cubra com água. Deixe de molho por 12 horas e troque a água 5 vezes.

2. Corte as cebolas e os tomates em rodelas. Corte os pimentões ao meio no sentido do comprimento. Retire as sementes e corte cada metade em cubos. Corte as azeitonas em quatro no sentido do comprimento.

3. Descasque as batatas, coloque numa panela, cubra com água e adicione 1 colher (chá) de sal. Leve ao fogo alto e, quando ferver, deixe cozinhar por 10 minutos. Para verificar o ponto, espete um garfo, as batatas devem estar macias.

4. Escorra a água e deixe as batatas esfriarem. Corte-as em rodelas de 1 cm de espessura.

5. Em outra panela, coloque o bacalhau dessalgado e cubra com água. Leve ao fogo alto e deixe ferver por 5 minutos. Desligue o fogo e escorra a água.

6. Preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média).

7. Num refratário, espalhe o bacalhau e arrume todos os outros ingredientes por cima. Regue com o azeite de oliva e polvilhe com a salsinha. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno por 30 minutos.

8. Retire o papel-alumínio e deixe assar por mais 15 minutos. Sirva bem quente.

Para acompanhar:


Bons vinhos para a Páscoa

A Páscoa se aproxima e nada melhor do que bons (e baratos!) vinhos para celebrar esta data em companhia da família e dos amigos. O tradicional almoço de Sexta-Feira Santa, dia especial para preparar pratos diversos de peixes e o famoso bacalhau, é uma ótima oportunidade para experimentar brancos e rosados. Já o domingo de Páscoa pede vinhos mais encorpados, para combinar com a diversidade de pratos e, claro, com os mais variados ovos de chocolate! Anote aí algumas sugestões para acompanhar as principais delícias de Páscoa:

BACALHAU

Como bem dizem os portugueses, “bacalhau não é peixe, bacalhau é bacalhau”. Isto por que o bacalhau é realmente muito diferente de outros peixes, e por isto, em Portugal, a combinação mais tradicional são os tintos leves e frutados, que não passam por madeira. A combinação mais comum por aqui é com vinhos brancos mais encorpados, com passagem por barricas. Evite apenas  os tintos muito encorpados e tânicos, que não combinam com o sabor salgado dos pratos.

– Loios (Branco ou Tinto), Portugal – (Pão de Açúcar, R$29,85)

– Castillo de Molina Pinot Noir Reserva, Chile (Rei dos Whiskys, R$ 33,70)

– Cvne Blanco, Espanha (Imp. Vinci, R$ 53,98)

PEIXES E FRUTOS DO MAR

Opte pelos brancos e rosés para acompanhar os saborosos peixes e frutos do mar servidos na Sexta-Feira Santa:

– Santa Rita 120 Chardonnay, Chile – (Pão de Açúcar, R$ 34,13)

– La Flor de Pulenta Sauvignon Blanc, Argentina – (Imp. Grand Cru, R$ 49,00)

– Altosur Malbec Rosé, Argentina – (Imp. World Wine, R$ 29,00)

CHOCOLATE

O chocolate é considerado uma das combinações mais difíceis para vinhos, por sua intensidade de sabores e texturas. Para a harmonização dar certo, o vinho precisa ser encorpado, com boa estrutura, teor de álcool mais elevado  e uma doçura igual ou superior ao chocolate. Difícil? Nem tanto. Os fortificados, como os vinhos do Porto – especialmente os Tawnys – acompanham bem o sabor adocicado do chocolate e encerram muito bem uma refeição.

Porto Valdouro Tawny, Portugal – (Pão de Açúcar, R$ 53,00)

Mavrodaphne of Patras OPE, Grécia – (Imp. Vinci, R$ 43,73)