Vinho do dia: Norton Porteño

norton-porteno

Norton Porteño Malbec (Imp. Winebrands, R$ 66,00) – Confesso que escolhi o vinho pelo rótulo – lindo, moderno, despretensioso – e não me arrependi. Este Malbec é um dos rótulos da Bodega Norton, vinícola que já está presente a bastante tempo por aqui e que inova com a linha Porteño, com um branco e um tinto que representam a alma argentina.

Este Malbec é leve, fácil de beber, que destaca-se pela fruta e pela acidez bem presente, do jeito que eu gosto. Aromas doces, com algo de pimenta preta. Não passa por madeira, tem paladar macio, com taninos bem agradáveis. Vai bem com pratos simples a base de carne vermelha e queijos de massa mole, mas é possível beber a garrafa num piscar de olhos, antes da comida chegar!

Vinho do dia| Norton Cosecha tardia

Foto

A Norton é uma das vinícolas argentinas mais conhecidas por aqui e elabora uma ampla gama de vinhos. Foi fundada em 1895 pelo inglês Edmund J. P. Norton, engenheiro responsável pela construção de ferrovias na Argentina, que se encantou por Mendoza. Uma informação que poucos sabem é que em 1989, Gernot Langes Swarovski, da família austríaca de cristais, comprou a propriedade e investiu em tecnologias e mão de obra local competente para tornar a Bodega Norton em uma das mais importantes vinícolas da Argentina.

Atualmente possuem cinco fincas, distribuídas em cinco importantes terroirs da região: Perdriel, La Colonia, Agrelo, Lunlunta e Medrano e os vinhos levam assinatura do experiente enólogo Jorge Riccitelli, nomeado enólogo do ano pela revista “Wine Enthusiast” em 2012.

Não é a primeira vez que falo da Norton por aqui e acho que este rótulo também merece destaque. Não é fácil encontrar vinho de colheita tardia bem feito, com acidez equilibrada e doçura na medida, e ainda abaixo dos R$ 50,00!

Elaborado com uvas Chardonnay colhidas tardiamente, e ricas em açúcar, este vinho doce natural possui aromas agradáveis de mel e frutas brancas maduras. Um vinho que, dependendo das escolhas, pode acompanhar uma refeição inteira. Experimente com queijos azuis, ou com uma salada de frutas fresquinhas, fica uma delícia.

Vinho do dia | Norton Malbec Doc

Foto
  • Norton Malbec DOC, Argentina (Vino Mundi, R$ 49,90)

A Norton é uma das vinícolas argentinas mais conhecidas por aqui e elabora uma ampla gama de vinhos. Foi fundada em 1895 pelo inglês Edmund J. P. Norton, engenheiro responsável pela construção de ferrovias na Argentina, que se encantou por Mendoza. Uma informação que poucos sabem é que em 1989, Gernot Langes Swarovski, da família austríaca de cristais, comprou a propriedade e investiu em tecnologias e mão de obra local competente para tornar a Bodega Norton em uma das mais importantes vinícolas da Argentina.

Atualmente possuem cinco fincas, distribuídas em cinco importantes terroirs da região: Perdriel, La Colonia, Agrelo, Lunlunta e Medrano e os vinhos levam assinatura do experiente enólogo Jorge Riccitelli, nomeado enólogo do ano pela revista “Wine Enthusiast” em 2012.

Destaquei em outro post o bem elaborado Roble Merlot  e acho que também merece espaço o Norton Malbec DOC. O nome é uma referência a Lujan de Cuyo que, mais tarde, viria a ser a DOC da uva Malbec na Argentina. Este termo de procedência é muito utilizado nos vinhos europeus e que significa Denominação de Origem.

Este Malbec bem elaborado representa toda a tipicidade desta uva: aromas de ameixas maduras, especiarias e pimenta preta. Paladar macio, taninos doces, fácil de beber.