Festival Vinho no Boteco – edição Verão!

By Melanie (2)

São Paulo é a praia do vinho neste verão!

Em sua segunda edição, o Festival Vinho no Boteco reúne wine bars de São Paulo com o objetivo de democratizar o consumo do vinho e oferecer uma nova experiência para o público.

Ambientes descontraídos, comidinhas deliciosas e vinhos refrescantes é a proposta desta edição de verão, que começou dia 20 de janeiro e vai até 4 de fevereiro. Desta vez, quem participa são as casas Canaille Bar, Dionysos, Jamón, Jamón, Ovo e Uva, Rubi Wine Bar, Sancho Bar y Tapas e Vinoteca Paulistana. A lista geral de vinhos inclui rótulos da Argentina, Chile, Espanha, França, Itália e Portugal das importadoras Decanter e Grand Cru, parceiras oficiais do evento. Para acompanhar a bebida, petiscos variados e embutidos.

Confira aqui  no site do evento os vinhos que cada casa irá oferecer, seus endereços e horários de funcionamento. Selecionei os principais destaques de cada uma delas para você que prefere ir direto ao assunto e já quer começar a pensar na programação do feriado que se aproxima! 😉

07_Vinoteca

  • Vinoteca Paulistana: A Vinoteca Paulistana, em Perdizes, selecionou apenas argentinos, como o Finca Las Moras Syrah rosé (R$ 48,90/garrafa; R$ 13/taça), que combinam bem com as delícias que a casa serve, como o minichoripan e o bolinho de frutos do mar.

03_Jamón,jamón

  • Jamón, Jamón: No Jamón, Jamón por David Lopez, especializado em gastronomia espanhola, estará disponível o espanhol Tarima Monastrell (R$ 79/garrafa; R$ 20/taça), da premiada Bodegas Volver.

02_Dionysos

  • Dionysos: Com vários vinhos disponíveis com desconto, o Dionysos, em Pinheiros, oferece o chileno Pionero Chardonnay (R$ 49/garrafa; R$ 13/taça) e os italianos Villa Cardeto Sangiovese (R$ 66,40/garrafa; R$ 17/taça) e Acquerello Pinot Grigio (R$ 64/garrafa; R$ 16), entre mais 14 rótulos.

01_Canaille Bar

  • Canaille Bar: No Canaille há duas opções de orgânicos franceses, Claude Val Blanc e Claude Val Rouge, ambos a R$ 65,50/garrafa; R$ 17/taça.

04_Ovo e Uva

  • Ovo e Uva: No Ovo e Uva, a seleção inclui 22 rótulos, como o espumante argentino Nocturno Brut (R$ 44/garrafa; R$ 11/taça) e o rosé francês Esprit Méditerranée (R$ 69/garrafa; R$ 18/taça).

05_Rubi

  • Rubi Wine Bar: São quatro opções no Rubi Wine Bar, como o branco La Linda Torrontés (R$ 63,70/garrafa; R$ 16/taça).

Sancho Bar

  • Sancho Bar y Tapas: O Sancho, com uma caprichada oferta de vinhos e petiscos localizado no Baixo Augusta, destaca o De Martino Carménère (R$ 66,60/garrafa; R$ 17/taça).

 

 

Anúncios

As boas compras de janeiro!

eggs (3)

Saiba quais são as boas surpresas entre tantas ofertas de começo de ano!

Janeiro é o mês oficial da promoção. Para quem gosta de vinhos, é uma excelente oportunidade para abastecer a adega com rótulos que chegam a 70% de desconto. As campanhas de grandes ofertas já entraram no calendário das principais importadoras, que aproveitam o momento para “oxigenar” o estoque e oferecer boas oportunidades de compras de rótulos menos comerciais, aqueles que demandam certo empurrãozinho para gerar experimentação.

No entanto, é preciso ficar atento para não levar gato por lebre. Embora o rótulo não informe, vinho tem prazo de validade e algumas garrafas recomenda-se beber o quanto antes, quanto mais jovem melhor. Em certos casos, as lojas querem se livrar do estoque parado e ofertam vinhos que já não estão no auge de seu consumo. O consumidor está cada vez mais preparado para não cair em armadilhas, mas não custa reforçar que a prática ainda existe.

A melhor sugestão para evitar roubadas é se informar. Caso não queira recorrer a ajuda de um profissional na loja ou importadora, busque informações em sites confiáveis na internet. Prefira também as safras mais recentes para os vinhos do dia a dia, aqueles mais baratos que geralmente não passam de R$ 70,00.

Atenção também para os brancos e rosés, que costumam perder frescor depois de 2 ou 3 anos contados à partir da safra destaca ano rótulo. Alguns brancos, como os Rieslings, ganham complexidade com o passar dos anos, mas na dúvida opte pelos mais jovens, se não quiser arriscar. Fique atento também a alguns sinais na garrafa: rótulos com manchas de vinho podem indicar vazamento, a rolha não pode estar estufada e a cápsula deve estar bem posicionada, intacta.

Agora, se quiser aproveitar o momento para apostar em uma garrafa mais cara, ou safra mais antiga, peça ajuda. O vendedor deve estar preparado para oferecer mais informações e orientar sobre o potencial de guarda do rótulo em questão.

Finalmente, esta é a melhor oportunidade para sair do comum e experimentar uvas diferentes ou explorar países e regiões ainda desconhecidas. Por que não convidar os amigos para comprarem juntos, partilharem garrafas e experiências?

Confira uma seleção de importadoras com rótulos bem interessantes para conhecer:

World Wine:

O tradicional Bota-Fora da World Wine vai até 18/02 e oferece mais de 150 rótulos com descontos de 30% a 70%, que podem ser adquiridos nas lojas físicas, televendas e também pelo site. São mais de 150 rótulos, entre tintos, brancos, rosés e espumantes de diversos países:

Brancos:

  • Tabali Reserva Viognier 2015, Chile (De R$ 76,00 por R$ 45,60)
  • Castillo de Liria Viura / Sauvignon Blanc 2015, Espanha (De R$ 44,00 por R$ 26,40)

Tintos:

  • Catalpa Cabernet Sauvignon, Argentina (De R$ 118,00 por R$ 59,00).
  • Serbal Malbec 2016, Argentina (De R$ 77,00 por R$ 38,50)
  • Vinos Guerra Mencía, Espanha (De R$ 59,00 por R$ 23,60).
  • Long Row Shiraz 2015, Austrália (De R$ 66,00 por R$ 46,20)
  • Cono Sur Reserva Especial Pinot Noir 2015, Chile (De R$ 83,00 por R$ 49,80)
  • Château Redon 2014, França (De R$ 100,00 por R$ 60,00)
  • Longue Dog Rouge 2013, França (De R$ 64,00 por R$ 32,00)
  • Mandrarossa Nero d´Avola IGT 2015, Itália (De R$ 88,00 por R$ 44,00)

Vale provar:

  • Château Pajzos Late Harvest Hárslevelu (500ml), Hungria (De 82,00 por R$ 57,40)
    • Ótima oportunidade para experimentar um vinho doce da Hungria
  • Costadune Grillo Chardonnay 2016, Itália (De R$ 54,00 por R$ 35,10)
    • Interessante branco da Sicília, feito com a uva local Grillo
  • Colonia Las Liebres Bonarda 2015 (De R$ 64,00 por R$ 44,80)
    • Ótima oportunidade para conhecer um tinto além da Malbec. Feito com a uva Bonarda, é uma excelente opção para o dia-a-dia

Decanter:

A importadora Decanter, que conta com um dos maiores e mais importantes portfólios de vinho do país, começou nesta quarta, 17/1, o seu “Summer Sale”, que vai até 18/02 ou término dos estoques. São cerca de 50 rótulos, com descontos que variam entre 30% e 50%. É possível comprar pelo site da matriz, localizada em Blumenau, ou aqui em São Paulo, na loja física ou e-commerce.

Brancos:

  • Gros Manseng/Sauvignon I.G.P. 2016 – França – (De R$ 89,60 por R$ 62,72)
  • PradoRey Classic Verdejo Sauvignon 2016 – Espanha – (De R$ 81,10 por R$ 56,77)

Tintos:

  • Château Tour de Luchey 2015 – França, Bordeaux – (De R$ 96,00 por R$ 57,60)
  • Malbec Purple 2015 – França, Cahors – (De R$ 93,30 por R$ 65,31)
  • Petit Torus Tinto 2012 – França, Madiran – (De R$ 95,70 por R$ 66,99)
  • Tannat/Merlot I.G.P. Côtes de Gascogne 2016 – França, Madiran – (De R$ 89,60 por R$ 53,76)
  • Hormiga Roja 2015 – Espanha, Jumila – (De R$ 72,40 por R$ 50,68)

Vale provar:

  • Le Cadet VdP Vaucluse 2015 – França, Rhône – (De R$ 102,30 por R$ 61,38)
    • Vinho feito seguindo o conceito do Biodinamismo, perfeito para conhecer o estilo

Grand Cru

Desde o começo de janeiro a Grand Cru, importadora com mais de 40 lojas pelo país, oferece em seu “Grand Solde” centenas de rótulos do Novo e Velho mundos, com até 55% de desconto. A promoção vai até o dia 28/2 e é possível comprar tanto nas lojas físicas quanto pelo site.

Brancos:

Tintos:

  • Grifo Le Viole Puglia IGP 2017 – Itália, Puglia (De R$ 39,00 por R$ 23,40)
  • Mancura Guardian Reserva Cabernet Sauvignon 2015 – Chile (De R$ 69,00 por R$ 34,50)
  • Zorzal Prófugos Malbec 2014 – Argentina, Mendoza (De R$ 49,00 por R$ 39,20)
  • Morandé Reserva Carmenére 2014 – Chile (De R$ 79,00 por R$ 39,50)
  • Churchills Meio Queijo Douro 2013 – Portugal, Douro (De R$ 69,00 por R$ 55,20)
  • Arrocal Mayorazgo Ribera del Duero 2014 – Espanha (De R$ 64,00 por R$ 48,00)
  • Santoro Negroamaro IGP Puglia 2016 – Itália, Puglia (De R$ 69,00 por R$ 55,20)

Vale provar:

  • Grifo La Melara IGP 2017 – Itália, Puglia (De R$: 39,00 por R$ 23,40)
    • Vinho feito com as uvas Chardonnay e Bombino Bianco, uma das uvas brancas mais finas do sul da Itália 
  • Menguante Tempranillo 2015 – Espanha (De R$ 69,00 por R$ 48,30)
    • Ótima oportunidade para conhecer uma das uvas mais importantes da Espanha em sua versão biodinâmica.

 

 

 

 

 

 

 

 

Para entender os vinhos pontuados

wine-1_1998860b

Há quem diga que o melhor vinho é aquele que a gente gosta e, sejamos sinceros, desfrutar da bebida de Baco envolve muito mais elementos do que aqueles percebidos no balanço de pouco mais de 100 ml de líquido na taça. Um bom prato e companhia agradável fazem toda a diferença, tornam a experiência muito mais prazerosa e certamente contribuem para uma ótima lembrança daquele momento específico.

A despeito de todos os esforços aplicados em fazer da degustação um momento mágico, contar com uma boa indicação nunca é demais. Foi partindo desse princípio que, em 1959 surgiu a Wine Spectator, a maior e mais importante publicação de vinhos do mundo. Ao logo de quase 40 anos de história a revista acumula mais de 500 edições dedicadas em avaliar vinhos de diferentes regiões do planeta. Algo em torno de 300 mil rótulos!

No mesmo sentido surgiu a “The Wine Advocate”, periódico americano que leva a assinatura de Robert Parker, ex-advogado que há mais de 30 anos faz da análise de vinhos o seu meio de sustento. Valendo-se de dois dígitos “Mister RP” é capaz desde alavancar vendas de determinado rótulo até influenciar em preços de vinhos antes mesmo de saírem da vinícola. Atualmente a escala de 100 pontos desenvolvida por Parker é amplamente utilizada e até hoje serve como referência para a avaliação de vinhos pelo mundo.

Por aqui temos como principal representante o Guia Descorchados. Patricio Tapia é o jornalista chileno que está à frente da publicação, hoje considerada a mais respeitada da América Latina, e avalia vinhos do Chile, Argentina, Uruguai e Brasil.

É importante dizer que o método de avaliação por pontuação não indica quão delicioso é um vinho, já que esta análise é subjetiva e depende de gosto e preferência pessoal. Em vez disso, os vinhos são pontuados com base na qualidade de produção e tipicidade, ou seja, se atende as expectativas esperadas de determinada uva ou região.

Em geral a escala de pontuação tem os seguintes critérios:

  • 50-59: vinhos falhos, quase intragáveis (geralmente não entram na lista)
  • 60-69: vinhos falhos, não recomendáveis porém bebíveis (geralmente não entram na lista)
  • 70-79 vinhos falhos mas aceitáveis
  • 80-84 vinhos considerados “acima da média” a bons
  • 85-90 vinhos considerados “bons” a “muito bons”
  • 90-94 vinhos considerados “superiores” a “excepcionais”
  • 95-100 vinhos “referência” ou “clássicos”

Mas e o gosto dele, combina com o meu? 

Os sistemas de pontuação ainda são confiáveis e servem como referência sim, apenas cuidado para não virar refém de vinhos acima de 90 pontos. A discussão sobre vinho e gastronomia está bem democrática e muitas vezes a opinião sobre o seu grupo de amigos e pessoas próximas tem mais valor do que a avaliação de um crítico que está a milhas de distância, avaliando vinhos que muitas vezes nem estão disponíveis em nosso mercado.Isto explica o sucesso dos blogs de gastronomia, já que aquilo que os especialistas buscam no vinho não é necessariamente o que o consumidor procura. Muitas vezes o que se quer é apenas a indicação de um vinho bom e barato para comer com a pizza, disponível no supermercado mais próximo. E só.

Para começar a se familiarizar com estas – ainda confiáveis – siglas selecionei vinhos bem agradáveis para você se divertir sendo o avaliador:

Flor Denglora

  • Flor D’Englora Rouge 2009 | ∗ 90 pontos Robert Parker (Imp. Grand Cru, R$ 51,75): Vinho tinto espanhol feito com 60% Garnacha, 35% Cariñena 2% Syrah e 1% Tempranillo, tem aromas de frutas negras e toque tostado proporcionado pelo estágio em barricas de carvalho. Médio corpo, tem final de boca longo e persistente (Robert Parker – 90 pontos)

Tarima

  • Tarima Orgânico 2012 | ∗ 90 pontos Robert Parker  (Imp. Grand Cru, R$ 49,00): Também Espanhol, este tinto é feito com a uva Monastrell na região de Alicante, ainda pouco conhecida por aqui. Aromas intensos e agradáveis de morango e framboesa, tem corpo médio para encorpado e um final de boca persistente, ideal para acompanhar pratos mais intensos e saborosos. As uvas utilizadas na produção são de cultivo orgânico, ou seja, sem o uso de agrotóxicos e fertilizantes químicos.

Zorzal

  • Zorzal Terroir Único Malbec 2013  | ∗ 92 pontos Robert Parker (Imp. Grand Cru, R$ 55,00): Tinto elaborado com a uva Malbec pela Zorzal, vinícola em ascensão na Argentina. Aroma de frutas vermelhas com notas florais, tem excelente frescor e final de boca com agradável persistência. Ideal para acompanhar carne vermelha ao ponto, massas leves com carne e molho vermelho fresco, temperado com ervas finas.

Urban Uco

  • Urban Cabernet Sauvignon 2010 | ∗ 90 pontos Robert Parker (Imp. Vinci, R$ 52,44): Vinho chileno elaborados no Chile pelo grande O Fournier. Produzido no ótimo Vale de Maule, é um vinho de excepcional relação qualidade/preço. Segundo a crítica de vinhos Jancis Robinson, ele é “muito muito muito mais complexo e sutil do que a maioria dos vinhos [chilenos]. Este 100% Cabernet Sauvignon Permanece 03 meses em barricas de carvalho francês.Excelente achado.

La Joya

  • La Joya Gran Reserva Syrah 2012 | 90 pontos Wine Spectator: (Imp. World Wine, R$ 54,00): Os vinhos da chilena Bisquertt são muito premiados e este Syrah destaca-se pelo perfeito equilíbrio no paladar. Aromas de frutas negras maduras, especiarias e notas de café, é macio na boca e acompanha bem carnes vermelhas defumadas e cortes de cordeiro, como costeletas, carré e paleta.

 

 

Começou a temporada de oferta!

O começo de ano é o período mais aguardado para quem pretende abastecer a adega sem gastar muito. As principais lojas e importadoras aproveitam este período do ano para renovar os estoques e gerar experimentação de vinhos menos conhecidos, oferecendo rótulos com até 85% de desconto.

Apesar de tentador, é o momento também de comprar com mais atenção. Muitos dos vinhos ofertados podem estar no limite de consumo, o que você só vai perceber depois de abrir a garrafa – diferente de outras liquidações, que você pode manusear o produto e perceber de imediato se tem defeito ou não.

Neste caso, vale seguir algumas dicas para não se arrepender:

– Atenção redobrada com os brancos e rosés: prefira os rótulos de safras mais novas, exceto para aqueles vinhos que você já sabe que são longevos (em geral são as opções mais caras, de regiões mais tradicionais de produção)

– É possível encontrar vinhos com pequenos defeitos no rótulo, motivo pelo qual pode estar em promoção. Leve isto em consideração, caso queira presentear alguém.

– Aproveite o momento para comprar vinhos que gostaria de experimentar e não compraria pelo valor normal. Arrisque novas uvas, regiões e estilos. Esta é a oportunidade de aproveitar os descontos e aumentar seu repertório.

– Evite comprar em grandes quantidades sem antes degustar. Caso não conheça o vinho, compre poucas garrafas, deguste e retorne na loja para comprar mais. Mas não demore muito, pois as melhores opções acabam rápido!

Selecionei algumas opções interessantes para facilitar a sua busca, corre lá:

World Wine Off

O tradicional World Wine Off  está em sua 9ª edição e é uma das mais aguardadas neste início de ano. A partir do dia 20 de Janeiro até dia 22 de fevereiro (ou término dos estoques), oferece mais de 260 rótulos da Argentina, Espanha, Itália, Portugal, Chile, Estados Unidos e França, com descontos de até 84%. Prepare o coração!

Vinhos brancos e rosés:

  • Isla Negra Sauvignon Blanc/Sémillon 2011 375 ml (Isla Negra, Chile): de 19,00 por R$ 5,70!
  • Trebbiano d’Abruzzo DOC 2010 1500ml  (Vini Farnese, Itália): de R$ 70,10 por R$ 28,04
  • I Tratturi Sauvignon Blanc / Malvasia IGP 2011 (Feudi di San Marzano, Itália): de R$ 52,80 por R$ 36,96
  • Thou Bianc Chardonnay DOC 2010 (Bava, Itália): de R$ 96,50 por R$ 48,25
  • Anthìlia IGT 2010 (Donnafugata, Itália): de R$ 80,20 por R$ 52,13
  • CARM Branco Reserva 2011 (CARM, Portugal): de R$ 98,50 por R$ 54,18
  • Altosur Malbec Rosé 2009 (Finca Sophenia, Argentina): de R$ 38,60 por R$ 25,09

Tintos:

  • Di Lenardo Ronco Nole 2010 (Di Lenardo, Itália): de R$ 79,00 por R$ 23,70
  • Château Tour des Gendres 2011 (França, Sudoeste): de R$ 57,90 por R$ 28,95
  • Vinha do Alqueve 2012 (Quinta do Alqueve, Portugal): de R$ 48,80 por R$ 31,72
  • Carmelo Rodero Joven 2010 (Espanha, Ribera del Duero): de R$ 80,20 por R$ 32,08
  • Hereu 2009 (Odfjell, Chile): de R$ 68,10 por R$ 39,50.
  • Anima Umbra Rosso IGT 2009 (Itália – Umbria): de R$ 72,10 por R$ 39,66
  • Primavera 2008 (Domaine Clos Ouvert, Chile): de R$ 97,50 por R$ 48,75

Sobremesa:

  • Malvasia di Castelnuovo DOC “Rosetta” 2010 (Itália, Piemonte) de R$ 64,00 por R$ 38,40

Lojas participantes:

  • World Wine Jardins: Rua Padre João Manuel, 1269
  • World Wine Itaim: Rua Amauri, 255
  • EAT… Empório Restaurante: Av. Doutor Cardoso de Melo, 1.191
  • World Wine Ribeirão Preto: Rua João Penteado, 420
  • World Wine Rio de Janeiro: Fashion Mall, Estrada da Gávea, 899
  • site: http://www.worldwine.com.br
  • Televendas: 11 3383-7477

Grand Sole Grand Cru:

Até 8 de fevereiro, descontos de 25% a 60% em rótulos do Velho e do Novo Mundo, válidos para todas lojas físicas, site e televendas:

Brancos e rosés:

  • Santa Rita 120 Chardonnay 2011 (Viña Santa Rita, Chile): de R$ 42,00 por R$ 29,40
  • Santa Rita Gran Hacienda Chardonnay 2012 (Viña Santa Rita, Chile): de R$ 44,00 por R$ 30,80
  • Emina Verdejo 2012 (Emina, Espanha): de R$ 42,00 por R$ 31,50
  • Santa Rita Gran Hacienda Rosé 2012 (Viña Santa Rita, Chile): de R$ 47,00 por R$ 32,90
  • Dante Robino Torrontés 2011 (Dante Robino, Argentina): de R$ 47,00 por R$ 35,25

Tintos:

  • Dante Robino Bonarda 2012 (Dante Robino, Argentina): de R$ 47,00 por R$ 35,25
  • Santa Rita Gran Hacienda Corte 2011 (Viña Santa Rita, Chile): de R$ 47,00 por R$ 32,90
  • Santa Rita Gran Hacienda Carmenére 2012 (Viña Santa Rita, Chile): de R$ 47,00 por R$ 32,90
  • Santa Rita 120 Merlot 2012 (Viña Santa Rita, Chile): de R$ 42,00 por R$ 29,40

Listinha na mão, bora abastecer a adega? 😀