Vinho do dia| Amalia Garnacha

A Espanha está surpreendendo no que se refere a vinhos de bom custo-benefício, principalmente os elaborados nas regiões menos conhecidas, e que não são poucas já que as referências ainda são Ribeira del Duero e Rioja. Este aqui é uma grata surpresa de Zaragoza, ao norte do país. Feito com a uva Garnacha, típica desta região, destaca-se pelo equilíbrio e pela maciez no paladar, que abre o apetite e pede sempre o próximo gole.

Vinho de coloração intensa, tem aromas de frutas vermelhas maduras, amora, violeta e ligeiro balsâmico. Médio de corpo, fresco, taninos macios, um tinto de fácil apreciação, de valor excepcional. Fica ainda melhor com rosbife, steak tartare e pratos mais informais do dia-a-dia, como antepastos variados, bruschettas, pizzas e massas ao sugo. Perfeito para receber os amigos.

Anúncios

Vinho do dia | Legado Muñoz Garnacha

Difícil não se surpreender com este tinto espanhol. Degustei este vinho sem saber o seu preço e foi uma surpresa daquelas descobrir o seu valor, muito inferior ao que ele entrega na taça. Aliás, a Espanha é atualmente um dos melhores destinos de quem busca vinhos de bom custo benefício, para o dia-a-dia, sem compromisso.

Este produtor maneja atualmente 380 hectares na denominación de origen La Mancha, um planalto entre as províncias de Toledo, Albacete, Ciudad Real e Cuenca, região produtora considerada a mais extensa da Espanha (e do mundo!). Muñoz é a grande descoberta da região, e a sua linha Artero, a marca de vinho espanhol de maior sucesso no Brasil.

Elaborado com 100% de Garnacha, estagia por 3 meses em barricas novas de carvalho americano. No nariz tem aromas agradáveis de frutas negras, como groselhas confitadas, além de toques de baunilha, coco tostado e especiarias. Ampla expressão em boca, taninos polidos e equilibrado frescor. Acompanha bem carne de porco assada e grelhada; Presunto cru ibérico. Delícia!