Nem chileno, nem argentino

Para quem procura uma alternativa aos argentinos e chilenos, os vinhos uruguaios oferecem um bom custo-benefício. A  Tannat é a uva símbolo do país, que se tornou famoso por rótulos concentrados e estruturados. Mas nem só de Tanat vive o Uruguai, que reserva boas surpresas principalmente quando falamos de Merlot, Cabernet Franc e Sauvignon Blanc.

Destaque para os rótulos da Castillo Viejo, tradicional vinícola familiar que surpreende pela qualidade de seus vinhos em diversas faixas de preço. Entre os tintos, vale a pena conhecer o Catamayor Cabernet Franc, uva que vem se destacando no país e que se diferencia pelos aromas de frutas maduras e especiarias, taninos agradáveis e ótima persistência no paladar.

Prefere os brancos? Vá de Catamayor Sauvignon Blanc, um rótulo que traz ótimo frescor e aromas herbáceos e de frutas cítricas, típicos da casta. Ideal para acompanhar queijos de cabra, peixes e frutos do mar.

ONDE COMPRAR:

 Imigrantes Bebidas e principais supermercados

Anúncios