As otimistas projeções do vinho para 2021

O ano de 2020 foi atípico em todos os sentidos. No mundo do vinho não foi diferente, e ao contrário de outros segmentos que sofreram com a pandemia, assistimos de perto um aumento considerável do consumo dentro do lar. O vinho foi definitivamente a bebida da quarentena – resta agora acompanhar se os novos hábitos de consumo vieram para ficar.

Neste sentido, quais serão os destaques nas prateleiras no ano que se inicia? Pesquisando diversas fontes do setor, listei aqui o que aparece como tendência de consumo para o ano e onde encontrar opções interessantes e acessíveis para experimentar:

O site Neofeed aponta dez tendências do mundo do vinho, em conversa com diversos especialistas do setor. A Susana Barelli, jornalista especializada no segmento e colunista da publicação (conhece muito do mercado, aliás), conduziu a matéria na qual destaco as seguintes tendências (você confere a matéria completa aqui!

Vinho Nacional – De acordo com eles (e eu concordo), o preconceito com o vinho brasileiro deve diminuir. O dólar alto levou os consumidores a comprarem os brancos e tintos nacionais. Ao provarem a bebida, foram surpreendidos pela boa qualidade. “Existe uma abertura maior do consumidor para o vinho nacional. Ele pode chegar ao nacional pelo preço, mas gosta do que prova”, diz Felipe Galtaroça, da Ideal Consulting, uma das fontes consultadas para a matéria.

Para conhecer este ano: Miolo Seleção Chardonnay & Viognier, Brasil – Armazém Nacional, R$ 29,90

Vinhos baratos da Argentina – Crescerá a importação dos vinhos baratos da Argentina. Ao contrário do Chile, com os seus vinhos básicos, a Argentina sempre priorizou a sua exportação para os vinhos de valor acima dos US$ 20 a caixa de 9 litros para o Brasil. No segundo semestre de 2020, houve uma mudança deste foco. Em 2019, os vinhos com preço FOB (sem os impostos) de até US$ 19,90 a caixa de 9 litros representavam 29% das exportações do país para o Brasil. No entanto, até outubro de 2020, essas exportações representam 43% do total, de acordo com os dados da Ideal.

Para conhecer este ano: Viña De Los Andes Malbec 2020, Argentina – Evino, R$ 34,90

Embalagens alternativas – As embalagens de formato alternativo, como as latas e o bag in box, ganham espaço. No Brasil, a bag in box ainda depende da volta de funcionamento dos restaurantes, porque seu consumo é maior com o vinho em taça nesses estabelecimentos. Na Europa e nos Estados Unidos, esse consumo cresce até por uma preocupação com uma embalagem mais sustentável. “As latas, que fazem sucesso principalmente nos Estados Unidos, encontraram fidelidade nos jovens consumidores e vêm ganhando força por aqui”, diz Rico Azeredo, da ProWine.

Para conhecer este ano: Becas Sparkling Fun Rosé 297ml, Brasil – Meu Vinho, R$ 13,90

Comunicação direta com as vinícolas – As vinícolas vão criar relacionamentos diretos mais duradouros com suas bases de clientes. Com a pandemia, essas empresas foram obrigadas a investir nos seus canais online e estão descobrindo que não precisam de intermediários para ter acesso aos consumidores. Devem explorar esse canal não apenas com promoções de venda, mas para engajar seus consumidores.

Para conhecer este ano: 22 Pinot Noir Rosé, Brasil – Vinho 22, R$ 65,00 – Projeto da Lidio Carraro com foco em público jovem – venda direta ao consumidor, sem intermediários

Degustações Virtuais – O jornal A Gazeta também fez suas previsões aqui, das quais destaco a permanência de degustações virtuais, que se mostraram muito eficientes na aproximação entre enófilos, sommeliers e produtores do mundo todo. Estes encontros foram bem aceitos e se mostraram uma excelente opção para quem está fora dos grandes centros urbanos e com pouco acesso a degustações e eventos presenciais.

Para conhecer este ano: Curso Online: Bordeaux (Certificado Eno) – Eno Cultura, R$ 120,00

Já entre as publicações internacionais, a inglesa Drink Business elaborou uma lista de 10 tendências para observarmos em 2021 – entre as também citadas projeções de vinhos em lata e bag in box, destaco o rosé novamente em evidência, ganhando espaço com as parcerias entre celebridades e produtores de vinhos:

Rosés de celebridades – Os rosés continuam a aproveitar seu momento ao sol e celebridades experientes estão se agarrando a seu poder de atração, cientes da capacidade do rosé de vender um estilo de vida ambicioso de forma semelhante à fragrância. Com Brad Pitt e Angelina Jolie lançando a tendência do “celebrity rosé” em 2011, quando compraram o Château Miraval em Côtes de Provence, diversas celebridades seguiram o mesmo caminho. A lista vai longe e inclui atrizes e cantoras como Sarah Jessica Parker, Kylie Minogue, passando também pela ala masculina com Jon Bon Jovi e seu vinho Hampton Water, e mais recentemente, o rapper americano Post Malone e seu Maison No. 9, que se tornou um sucesso instantâneo de vendas nos Estados Unidos.

Para conhecer este ano: Hampton Water, vinho do Jon Bon Jovi – Get Wine, R$ 259,50 – O preço foge da proposta, mas vale para conhecer. Além deste, está disponível também no Brasil o Château Miraval da Angelina Jolie e Brad Pitt (RIP casal lindo), que custa R$ 382,00 na World Wine.

Vinhos laranjas no Instagram – A Forbes também fez suas projeções aqui citando, entre outras que já foram mencionadas neste post, o crescimento dos vinhos laranjas, impulsionados principalmente por influencers no Instagram. Os vinhos laranjas tem uma longa trajetória, tendo sido feitos na Geórgia nos últimos 2.000 anos, conforme relatado no The Guardian. Em geral são feitos com uvas brancas, porém adquirem um acoloração mais alaranjada devido a um período maior de maceração com a casca – quanto maior o tempo de contato, mais intensa é a cor. Ajuda em sua popularidade o fato de ser altamente instagramável, mas o estilo é realmente muito interessante – trata-se de vinhos para servir em temperaturas mais altas do que as dos brancos simples, em alguns casos ficam ainda melhores após decantação e acompanham bem carnes vermelhas, especialmente cordeiro.

Para conhecer este ano: Macerao Laranja, Chile – Sup. Marche, R$ 69,90. Um dos achados para descobrir a categoria – simples e gostoso, bem interessante para conhecer o estilo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s