Espumantes para receber o ano novo

20 dez

Bubbles

Final de ano é momento de celebração. Mais um ano que se vai e a promessa de renovação do ano que se aproxima é motivo para brindes, muitos brindes. A bebida mais inspiradora para esta descontração ainda é o espumante: suas borbulhas características, seu frescor típico e o esperado estampido ao abrir uma garrafa são um convite à comemoração!

O Champagne ainda é referência máxima no assunto. Elaborado na França na região de mesmo nome, a nordeste de Paris, é símbolo de exclusividade. Para nossa sorte, além da tradicional bebida francesa, há ótimas opções de Proseccos italianos, Cavas espanholas e os tão elogiados espumantes brasileiros, que sinceramente superam – e muito – similares europeus na mesma faixa de preço. 

Com características muito particulares, cada estilo de espumante pode servir a diferentes orçamentos. Como nem tudo o que borbulha é bom, selecionei as melhores opções de acordo com os principais tipos para que você escolha o seu preferido sem medo de esfolar o bolso ou decepcionar os convidados:

Cava

Espumante mais famoso da Espanha, é elaborado em sua maior parte na região da Catalunha pelo mesmo método do Champagne, com a segunda fermentação na garrafa. O diferencial mais interessante dos Cavas são as uvas utilizadas em sua produção, em sua maioria uvas típicas de lá, como a Xare-lo e a Parellada, que dão origem a vinhos de diferentes estilos:

01_Cava Cristalino

  • Cava Cristalino Brut (Imigrantes Bebidas, R$ 39,99): Perfeito para celebrações informais, é fresco e equilibrado, com aromas e sabores frutados e agradáveis, característico do blend das uvas Xarel-lo, Macabeo e Parellada.

02_Segura Viudas

  • Cava Segura Viudas Brut Reserva (Imigrantes Bebidas, R$ 52,99): Aromas intensos de frutas cítricas, bem fresco e agradável no paladar. Feito com as uvas Macabeo e Parellada, combina bem com embutidos.

03_Cava Freixenet

  • Cava Freixenet Carta Nevada (Cia. do Whisky, R$ 55,50): Freixenet é o mais conhecido produtor de Cavas, com exportação para mais de 150 países e o Freixenet Carta Nevada é uma das marcas mais antigas, lançada em 1941. Com aromas florais e de fruta fresca, é estruturado e amplo no paladar.

Prosecco

O nome Prosecco até pouco tempo era a uva que dá origem ao espumante italiano de mesmo nome, feito tradicionalmente na região do Vêneto. A partir do final de 2009, Prosecco passou a designar a região e não mais a uva, que foi renomeada para Glera. Estas mudanças aconteceram para proteger a origem de Prosecco, que ficou com uma imagem bastante desgastada como sinônimo de espumante barato. Elaborado pelo método charmat, com a segunda fermentação em tanques de aço inox, são frutados , refrescantes e fáceis de agradar, quando bem elaborados. Ainda há opções bem ruins no mercado, mas a expectativa é otimista em relação à melhoria na qualidade. Algumas opções legais, que não desapontam:

04_La Pieve

  • Prosecco La Pieve (Sup. Extra, R$ 59,00): Elaborado pela Mionetto, grande produtor do Vêneto, no coração da privilegiada comuna de Valdobbiadene, ao pé dos Alpes. Acompanha bem aperitivos cremosos, saladas de molho agridoce, peixes suaves e até sobremesas bem levinhas, a base de frutas.

05_Contarini

  • Prosecco Valdobbiadene Contarini Millesimato (Imigrantes Bebidas, R$ 51,99): Tradicional produtor de espumantes com vinhedos em Conegliano e Valdobbiadene, a vinícola Contarini elabora este espumante brut pelo método Charmat. Borbulhas delicadas e intensas, tem aromas agradáveis de pêras e maçãs e bom frescor e persistência no paladar.

06_Dei Poetti

  • Prosecco Il Vino dei Poeti DOC Treviso Brut (Grand Cru, R$ 59,40): Aromas florais, com notas de maçã, pêssego e frutas cítricas. Paladar fresco, delicado e bem equilibrado. O nome “dei Poeti’ é uma referência a”vinho dos poetas”, festival anual de poetas realizado nas colinas onde nascem essas uvas deste Prosecco.

Espumantes nacionais

O espumante brasileiro destaca-se no cenário e já é motivo de orgulho nacional. Pode provar sem medo, há muitas opções surpreendentes disponíveis no mercado. A serra gaúcha, no Rio Grande do Sul, é uma região emblemática de produção no país, mas outras começam a se destacar, como os elaborados com a uva Moscatel no quente Vale do São Francisco e os bem produzidos espumantes de Santa Catarina:

07_Casa Valduga

  • Espumante Casa Valduga Método Tradicional Brut (Imigrantes Bebidas, R$ 54,99): Elaborado com Chardonnay e Pinot Noir pelo método tradicional, o que confere mais complexidade e estrutura para este delicioso espumante.

08_Terranova

  • Espumante Terranova Moscatel (Pão de Açúcar, R$ 24,90): Espumante levemente doce, feito com a uva Moscatel pelo método Asti, que resulta em espumante leve de baixa graduação alcoólica. Surpreende pelo frescor, já que é feito na região quente do Vale do São Francisco pela Miolo. Aromas intensos de flores e frutas brancas e paladar agradável, acompanha bem sobremesas levinhas ou sozinho, para fechar a refeição.

salton

  • Salton Demi-Sec (Sup. Extra, R$ 24,05): Espumante meio seco, é elaborado com as uvas Chardonnay, Riesling, Malvasia, Trebiano e Semillon, tem aromas delicados de flores brancas e frutas cítricas, maçã verde e damasco. Fresco e agradável no paladar, pode ser servido geladinho para receber os convidados.

Espumantes rosés

Os espumantes rosés são sinônimos de descontração. Frescos, vivazes e frutados, sua coloração típica deixa o ambiente mais alegre e festivo, aguçando o paladar e os demais sentidos. As principais características são os aromas delicados de frutas como morango e cereja, deixando na boca sabores bastante agradáveis, e muitas vezes, bem persistentes. Ao contrário do que parece, poucos são os espumantes rosés doces. Em sua maioria, são secos e com ótimo potencial gastronômico, um verdadeiro aliado para aperitivos diversos em dias quentes. Aceita sugestões?

maschio

  • Espumante Maschio Rosé (Imigrantes Bebidas, R$ 59,99): A linda coloração rosa claro deste espumante é uma atração à parte! Feito com Pinot Bianco, Pinot Nero e Raboso, tem borbulhas bem fininhas e aromas delicados de frutas vermelhas e notas florais, muito equilibrado no paladar.

Salton Poética

  • Espumante Salton Poética Rosé Brut (Sup. Extra, R$ 42,95): Elaborado com a delicada Pinot Noir, é fresco, cremoso e versátil, acompanha desde aperitivos até pratos elaborados com frutos do mar.

12_Miolo Brut Rosé

  • Espumante Miolo Brut Rosé (Pão de Açúcar, R$ 39,90): Feito com as uvas Pinot Noir e Chardonnay, tem coloração cereja claro e encanta pela leveza e frescor. Destaque para os aromas de frutas vermelhas frescas, como cereja e morango e leve tostado.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: