Os ótimos (e autênticos!) Proseccos do Vêneto

Em viagem recente pela Itália a convite do Consorzio di Prosecco D.O.C., tive a oportunidade de esclarecer as principais dúvidas relacionadas a este conhecido espumante, muitas vezes (e injustamente) associado a bebida genérica de casamento, de qualidade duvidosa, que nada tem a ver com os frescos e elegantes Proseccos do Vêneto.

Por definição, todo espumante elaborado com a uva Prosecco era classificado dentro desta categoria, independente do país ou região. Porém, a confusão gerada entre “região de origem” e “uva” obrigou o órgão regulamentador local a adotar medidas para diferenciar o Prosecco original dos demais feitos com a mesma uva, porém fora da região delimitada.

Sendo assim, a partir de 2009 a uva foi renomeada para Glera (que ocupa quase 90% dos vinhedos) e o nome Prosecco só pode ser utilizado nos espumantes elaborados nas regiões do Vêneto e Friuli-Venezia-Giulia, dentro de 9 províncias específicas, entre elas Conegliano e Valdobbiadene, ambas localizadas na cidade de Treviso.

Mas o que esperar de um autêntico Prosecco? Quando bem elaborados, são extremamente delicados, com ótimo frescor e aromas de frutas brancas e notas florais. Aliás, todos os processos, dos vinhedos às cantinas, visam preservar o frescor e a acidez das uvas.

Visitar a região de Prosecco é entender a união de um passado histórico com produção moderna e tecnológica, respeitando as origens mas investindo em uma imagem repaginada e acessível. Da próxima vez que for escolher um espumante para celebrar, fique atento ao rótulo e escolha o autêntico, como os selecionados aqui:

  • Prosecco Corte Viola Extra Dry, Itália (imigrantes Bebidas, R$ 26,99): Um dos mais populares Proseccos disponíveis no Brasil, linha de entrada do produtor Canevari. Um dos extra-Dry mais agradáveis do mercado, tem aromas de frutas rancas, como pêssego, e borbulhas finas e persistentes. Bastante fresco, é  considerado um best buy pela mídia especializada.
  • Prosecco Brut Canevari, Itália (Imigrantes Bebidas, R$42,99): Elaborado pelo podutor Canevari, tem borbulhas delicadas e persistentes e aromas delicados de frutas brancas. No paladar é fresco, com notas amendoadas, ideal para aperitivo e entradas leves.
  • Villa Sandi il Fresco, Itália (Imigrantes Bebidas, R$ 40,49): Prosecco também bastante popular no mercado, é elaborado pelo produtor Villa Sandi e segue à risca o estilo de espumantes da região: fresco e frutado, com destaque para aromas delicados de maçã verde.
Anúncios

Um comentário sobre “Os ótimos (e autênticos!) Proseccos do Vêneto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s