Seleção de bons e baratos da revista Veja

5 dez

A revista Veja publicou na edição desta semana o resultado de uma avaliação de vinhos feita pela Associação ProTeste  junto com sommeliers e consumidores. A avaliação foi feita com vinhos nacionais, europeus e sulamericanos que custam até R$ 60,00 em supermercados, adegas e importadoras. Valeu para reforçar a idéia de que nem sempre preço é sinônimo de qualidade e que é possível sim encontrar bons vinhos a preços convidativos. Confira aqui os primeiros colocados deste ranking e corra para tirar suas próprias conclusões! 😉

 

1) GRÃO VASCO

Origem: Portugal

Um assemblage, ou seja, uma mistura de diferentes uvas, foi o rótulo mais bem aceito pelos consumidores. “ Com um aroma agradável de frutas secas, ele vem do Dão, uma região antiga e famosa por produzir vinhos com excelência”, diz o consultor enogastronômico Joel Guérin, um dos participantes do teste.

2) NIETO SENETINER RESERVA CABERNET SAUVIGNON 

Origem: Argentina

Graças ao aroma e ao sabor persistentes, este Cabernet Sauvignon foi o mais bem classificado entre os sommeliers. “Ele é encorpado e, assim como o Grão Vasco, tem um agradável aroma de frutas secas”, diz Guérin.

3) SANTA HELENA RESERVADO CABERNET SAUVIGNON

Origem: Chile

Seco, este Cabernet Sauvignon foi avaliado como um vinho correto, de média intensidade e aroma frutado.

4) GRANDJÓ

Origem: Portugal

Da região do Douro, tradicionalmente conhecida pela produção de vinhos do Porto, tem aromas vegetais que se sobrepõem aos das frutas, o que é um fator positivo – quanto mais aromas, mais interessante é a bebida.

5) LATITUD 33 MALBEC

Origem: Argentina

De Mendoza, uma das regiões mais tradicionais da Argentina para vinhos de qualidade, é feito de Malbec, a uva que melhor se desenvolve no país. “É um vinho simples, porém correto e agradável”, resume Guérin.

6) SANTA CAROLINA RESERVADO CABERNET SAUVIGNON

Origem: Chile

Um Cabernet Sauvignon meio seco, foi considerado o melhor vinho no quesito custo-benefício – apesar de, na opinião dos sommeliers, ser pouco encorpado. “Na boca, é um vinho simples, de taninos suaves”, avalia Guérin.

7) PAULO LAUREANO

Origem: Portugal

Segundo colocado na opinião os consumidores, este vinho seco ficou em sétimo lugar porque, de acordo com os especialistas, tem pouco corpo e um aroma de baixa persistência.

8)AURORA VARIETAL CABERNET SAUVIGNON

Origem: Brasil

Elaborado com Cabernet Sauvignon, foi considerado um vinho simples, porém correto.

9) BOLLA VALPOLICELLA

Origem: Itália

Mistura de uvas como a Corvina e a Rondinella, agradou aos consumidores, mas foi avaliado pelos especialistas como simples e pouco encorpado.

10) MORANDÉ PIONERO

Origem: Chile

Primeiro colocado na análise laboratorial, este Carmenére foi descrito como pouco aromático e com alto teor alcoólico.

ONDE COMPRAR:

Pão de Açúcar, Imigrantes Bebidas, Adega Alentejana e principais supermercados.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: