Pacto com o diabo

Por muito tempo, a linha Casillero Del Diablo, da Concha y Toro foi referência de vinhos chilenos no mercado global. Presente em mais de 120 países, com uma produção impressionante de 1,5 milhão de caixas, a lenda do Casillero começou em 1981, quando Don Melchor, fundador da vinícola, resolveu separar parte dos melhores vinhos de cada safra em uma grande adega subterrânea (Casillero em espanhol).

Não demorou muito, os vinhos começaram a desaparecer misteriosamente. Para afastar os ladrões, Don Melchor espalhou o boato que o diabo em pessoa vivia dentro da adega. O medo do tinhoso afastou os ladrões e nenhuma garrafa desapareceu novamente. Coincidência ou não, o vinho é um dos mais consumidos no Brasil e é um dos maiores representantes dos rótulos acessíveis e de constante qualidade.

Entre os brancos, destaque para o Casillero Del Diablo Sauvignon Blanc, um vinho fresco, com ótima acidez e aromas delicados de frutas cítricas e de maracujá, facilmente reconhecível.  Já entre os tintos, a sugestão fica pelo clássico Casillero Del Diablo Carmenére, que ressalta as principais característica desta uva tradicional, com coloração intensa, taninos suaves e aromas de groselha, chocolate e toques herbáceo, ótimo para acompanhar carnes vermelhas grelhadas, pratos com molhos agridoce e queijos mais fortes.

ONDE COMPRAR:

 Pão de Açúcar e principais supermercados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s