Hora da sobremesa

16 set

Quando se fala de vinhos de sobremesa, encontrar opções boas e baratas pode ser bastante complicado. Algumas razões justificam esta escassez, como o método de produção, nesse caso, mais trabalhoso, impactando diretamente no valor final da garrafa que chega à sua mesa.

Tudo bem. As opções podem não ser abundantes, mas elas existem, e são brasileiras! Conheça o Aurora Colheita Tardia, elaborado pela Vinícola Aurora, que entre vinhos finos, garrafões, geleias, sucos e cosméticos, é responsável por uma combinação deliciosa de Semillon e Malvasia Bianca, resultado de um método conhecido como colheita tardia.

A colheita tardia

Para quem não conhece o termo “colheita tardia”, o significado é simples: trata-se da elaboração à partir de uvas que são deixadas na videira várias semanas após a data ideal de colheita. Este processo resulta na desidratação e no consequente aumento da concentração, deixando-as mais concentradas, ricas em açúcar, quase passificadas no pé. O resultado é um vinho com uma coloração mais dourada, de aromas delicados de flor de laranjeira, maracujá e mel. Doce, mas sem ser enjoativo. Na boca é untuoso, com um leve amargor no final, mas nada que prejudique a boa impressão final.

E olha só: cada garrafa sai por cerca de R$ 15 nos principais supermercados – e vale cada centavo. Uma boa pedida para fechar uma refeição, com sobremesas mais leves a base de frutas, ou até mesmo puro, bem geladinho, depois daquele almoço de domingo.

ONDE COMPRAR:

 No site da Aurora, Imigrantes Bebidas, Pão de Açúcar  e principais supermercados

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: